Violinista, guitarrista e compositor pernambucano, natural de Garanhuns, Sergio Ferraz iniciou desde cedo seus estudos de música e violino no Conservatório Pernambucano de Música e no curso de extensão da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), sendo atuante na cena pernambucana desde meados dos anos 80, quando tocava guitarra aos 12 anos em bandas de rock.

Para a apresentação no Cerrado Jazz Festival, Sergio Ferraz toca violino elétrico acompanhado do baterista Márcio Silva (com quem tocou na banda Sonoris Fabrica) e o baixista Bráulio Araújo, referência no contrabaixo no Brasil.

No repertório, um tributo ao saxofonista John Coltrane, influência marcante para grandes nomes do jazz. Destaque para A Love Supreme, Naima e Spiritual. Ainda no repertório temas de Miles Davis e Herbie Hancock.

O estilo de Sergio Ferraz deixa claro suas diversas influências, que passam pelo sax de Jonh Coltrane, o violino de Jean Luc Ponty, os rabequeiros do nordeste brasileiro, a música da India e o movimento Armorial, oferecendo uma inusitada harmonia entre estes elementos e o virtuosismo do violino.

É considerado um dos pioneiros do violino elétrico na música brasileira. Acompanhado pelos músicos Márcio Silva (bateria) e o Bráulio Araújo (baixo) traz ao Festival um repertório com músicas que misturam o jazz a elementos regionais como baião e o frevo.

Outros Artistas